Tecnologia e sustentabilidade: os vencedores do PET Challenge 2022

Tecnologia e sustentabilidade: os vencedores do PET Challenge 2022

Nos dias 06, 07 e 08 de maio, foi realizado o PET Challenge, um Ideathon online promovido pelo Programa de Educação Tutorial de Engenharia Elétrica (PET EEL) da UFSC em parceria com a Aquarela Analytics. O evento consistia na competição entre equipes para encontrarem uma nova ideia ou maneira de enfrentar problemas de vertente socioambiental, voltados aos ODS’s (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), criando soluções viáveis de alto fator de impacto com a utilização de tecnologia.

A partir disso, convidamos os vencedores do PET Challenge para apresentarem seus projetos neste artigo, ressaltando a importância do uso da tecnologia como ferramenta para a construção de um mundo mais inteligente, sustentável e melhor para todos.

Terceiro Lugar – Equipe 6 (Luísa, Giovana e Vitor)

Nossa equipe, composta por estudantes de ciências biológicas e relações internacionais, se juntou ao projeto com uma noção bem consolidada de sustentabilidade, atentos à importância dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. 

Por isso, preocupados com a preservação ambiental, principalmente, após a análise dos dados referentes ao relatório do ACIF de Florianópolis e tendo em vista a educação como processo transformador, a equipe elaborou uma proposta de uso de tecnologia para desenvolver um aplicativo para promover a educação ambiental, a conscientização e a conexão entre os moradores de Florianópolis, com foco nas crianças. Juntamente com sua família e comunidade escolar, essas crianças podem conhecer um pouco mais da biodiversidade da ilha, desenvolvendo empatia com o ecossistema, e a partir disso, tornarem-se cidadãos conscientes. 

O aplicativo “ECO nossa casa” funciona como uma plataforma digital, com enfoque principal na interação dos pequenos com o meio ambiente por meio da tecnologia de QR Code. Esses códigos serão estrategicamente distribuídos pela Grande Florianópolis, os quais serão escaneados e assim desbloquearão personagens que contam suas histórias, além de incluir materiais de apoio didático aos professores e um espaço para compartilhar atitudes sustentáveis, como por exemplo reciclagem em casa e criação de uma composteira.

Foi o primeiro Ideathon que participamos e nos comprometemos a desenvolver uma ideia boa, mas acima de tudo que pudéssemos aproveitar a experiência, aprender e nos divertir. É importante ressaltar que fugimos da nossa “caixinha”, podendo interagir com áreas do conhecimentos diferentes, como a ciência de dados e o empreendedorismo. As palestras, workshops e momentos com os mentores foram muito especiais nesse processo, servindo como um aprendizado que com certeza será usado em nosso futuro profissional. Por fim, gostaríamos de reiterar nosso agradecimento pelo projeto, pelos mentores e todos os envolvidos, uma vez que, somente por meio de ideias inovadoras, poderemos superar os desafios para um futuro melhor.

Logo da empresa Eco, nossa casa:

tecnologia e sustentabilidade - logo Eco nossa casa

Segundo Lugar – Equipe 8 (Leonardo, Letycia e Marina)

Parte da Agenda 2030 da ONU, os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) integram um acordo global que visa à transformação do mundo em um lugar mais sustentável, promovendo uma vida digna a todos. Dentre essas metas está o ODS 3, o qual defende a garantia de Saúde e Bem-estar para todos. Uma das formas apresentadas por esse ODS para promover o bem-estar é a redução das mortes e ferimentos por acidentes nas estradas, principal causa de morte de crianças e adultos jovens de 5 a 29 anos, segundo o Global status report on road safety de 2018.

Trazendo para a realidade do nosso país, o Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito no site do Ministério da Infraestrutura mostra que entre 2020 e 2021 foram registrados mais de 1,750mi de acidentes, causando quase 45 mil óbitos. De acordo com um estudo feito pelo Atlas da Acidentalidade do Transporte Brasileiro, grande parte dos acidentes no trânsito se devem à falta de atenção e ao descumprimento das leis de trânsito. Esses deslizes ocorrem por falta de preocupação ou falta de familiaridade com o local e geralmente acontecem em pontos críticos das rodovias onde os motoristas sentem uma falsa sensação de segurança. 

Ao longo do Ideathon, nosso grupo teve acesso a workshops e mentorias que nos ajudaram a desenvolver uma ideia para solução de alguns dos problemas indicados nos ODS. Durante uma mentoria que tivemos com o Joni Hoppen, membro da Aquarela, conversamos sobre o problema dos acidentes de trânsito. A partir dessa conversa e das pesquisas que fizemos sobre o tema, tivemos a ideia de uma extensão para aplicativos de localização a qual usaria dados de georreferenciamento sobre pontos críticos no trânsito, e emitiria um alerta aos motoristas. 

O conceito “Alerta Acidente” foi desenvolvido fazendo uso dos dados fornecidos pela polícia federal acerca dos acidentes nas rodovias federais do Brasil. A base de dados compila uma série de informações, dentre elas a geolocalização dos acidentes. De acordo com um agente da polícia federal, durante um chamado, o policial deve adicionar ao relatório o quilômetro da rodovia onde o acidente ocorreu. Sendo assim, por meio do processamento dos dados desta base, é possível determinar os trechos com maior número de ocorrências e ainda cruzar estes dados com diversas informações, como: horário, clima, condição da via, entre outras.

rodovia federal

Foi a partir disso que a equipe encontrou uma solução para reduzir o número altíssimo de acidentes nas rodovias brasileiras, informando os motoristas, por meio de seus aplicativos de navegação (Waze, Googlemaps, etc.), sobre trechos com elevado número de acidentes. Estes aplicativos já contam com sistemas de alerta para acidentes e perigos ao longo da via. No entanto, até o momento nenhum deles tem uma funcionalidade para avisar sobre trechos perigosos. É aí que surge a oportunidade de informar motoristas de maneira eficiente e com embasamento, por meio da tecnologia, desmistificando as rodovias para aqueles que não têm tanta experiência em determinadas vias. 

Referências usadas:

BRASIL, Ministério da Infraestrutura. RENAEST: Panorama dos Acidentes. https://www.gov.br/infraestrutura/pt-br/assuntos/transito/arquivos-senatran/docs/renaest

Global status report on road safety. World Health Organization. 2018. Disponível em:<https://www.who.int/publications/i/item/9789241565684>. Acesso em: 07 mai 2022

LASMAR. Maria Teresa. et al. Identificação e Classificação de Pontos Críticos de Acidentes de Trânsito. Universidade Presbiteriana Mackenzie. 2017. Disponível em:<https://www.mackenzie.br/fileadmin/ARQUIVOS/Public/1-mackenzie/universidade/laboratorios/labgeo/2018/Ajustes/ARTIGO_-_IDENTIFICA%C3%87%C3%83O_E_CLASSIFICA%C3%87%C3%83O_DE_PONTOS_CRITICOS_DE_ACIDENTES_DE_TRANSITO.pdf>. Acesso em: 07 mai 2022.

NAÇÕES UNIDAS BRASIL. Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Disponível em: <https://brasil.un.org/pt-br/sdgs>. Acesso em: 07 mai 2022.

RODRIGUES, Lucas O. Jovens: as principais vítimas do Trânsito. Mundo Educação. 2013. Disponível em:<https://mundoeducacao.uol.com.br/sociologia/jovens-transito.htm>. Acesso em: 07 mai 2022.

Primeiro Lugar – Equipe 9 (Eduardo e José Paulo)

A equipe composta por Eduardo e José Paulo recebeu o prêmio de primeiro lugar trabalhando o tema proposto dentro da área alimentícia. O objetivo do projeto idealizado foi criar um rastreamento baseado em blockchain para a produção agroalimentícia com intuito de encontrar desperdícios entre a colheita e o consumidor final, além de possibilitar a transparência para o consumidor e empresas saberem a origem dos alimentos.

Relatório parcial do projeto

Tecnologia e sustentabilidade – Considerações finais

Os projetos apresentados pelas equipes reforçam a importância da tecnologia como instrumento de inovação e como facilitadora à resolução de problemas comuns da sociedade e à concretização de boas ideias capazes de transformar o mundo em um lugar melhor para todos.

Além disso, ressalta-se a importância do evento, da parceria entre empresa e universidade, para estimular os estudantes a pensarem e a agirem de forma crítica sobre questões que envolvem os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável do Brasil e do mundo, contribuindo positivamente para a formação de cidadãos mais conscientes e preparados para construir um mundo melhor e mais inteligente.

Quem é a Aquarela Analytics?

A Aquarela Analytics é pioneira e referência nacional na aplicação de Inteligência Artificial na indústria e em grandes empresas. Por meio da plataforma Vortx e da metodolgia DCIM (Download e-book gratuito), atende clientes importantes, como: Embraer (aeroespacial), Scania e Grupo Randon (automotivo), SolarBR Coca-Cola (alimentício), Hospital das Clínicas (saúde), NTS-Brasil (óleo e gás), Votorantim (energia), dentre outros. Fique atento às novas publicações diárias da Aquarela Analytics no Linkedin e assinando a nossa Newsletter mensal! 

Autores

O que Sun Tzu ensina sobre Data Analytics Parte II

O que Sun Tzu ensina sobre Data Analytics Parte II

No post I, ver aqui, falamos sobre o quanto é importante o planejamento e se preparar para a nossa guerra contemporânea, que tem como objetivo a informação certa no menor prazo possível.

Nosso soldado data scientist  já tem consciência de ferramentas e possíveis estratégias para a batalha da análise de dados. Porém, o fato de ter apenas os métodos comprados e instalados na empresa nem sempre geram resultados, e por que isso acontece?

Disposição de Ferramentas

“7. Prever uma vitória que o homem comum pode prever não corresponde ao auge da habilidade.”

Sun Tzu falava da Disposição das Tropas, nós falamos da Disposição de Ferramentas. Descobrir o óbvio não agrega valor à empresa e é o principal ponto de atenção das equipes de analytics. A exceção a essa regra está nos casos onde análise tem o objetivo de testar um algoritmo ou abordagem e então saber se as ferramentas (metodologia + inteligência artificial) foram capazes de encontrar o que já se sabe e ir além.

Verificamos que a experiência dos analistas é um fator determinante no sucesso dos estudos de analytics. Isso se deve, principalmente, por prever erros estruturais nos fluxos de análise e a criatividade para desenvolver testes contra os algoritmos. Ainda, compará-los em diversas dimensões e eventualmente encontrar explicações esperadas de validação e no auge da habilidade, informações não previstas que geram oportunidades reais de melhoria.

Forças normais e extraordinárias

“5. Na batalha, valha-se da força normal para o combate e utilize a extraordinária para vencer.”

Existem forças normais que podemos usar para complementar as extraordinárias, é o exemplo das ferramentas livres e open source ou mesmo estratégias coerentes de indicadores (KPIs – Key Performance Indicators) já fazem uma diferença bastante grande no desempenho com impacto direto nos níveis de maturidade de analytics.

Agora dependendo do nível da competição, do timing e tamanho do mercado, utilizar ferramentas fechadas podem fazer a diferença do extraordinário, por isso, fique atendo a soluções fechadas disponibilizadas por APIs.

O preço da dúvida

“9. Na guerra, o perito age de maneira sutil e insubstancial, não deixa pistas; divinamente misterioso, é inaudível; torna-se, ele próprio, senhor do destino de seu inimigo.”

No mundo analytics, cases detalhados são raramente divulgados. Do que dá certo ou errado, cada um guarda para si, mais ou menos como no investimento em ações. Aparentemente, uma das formas mais plausíveis de se obter conhecimento real das tentativas e erros é pela incorporação e disseminação de processos de gestão do conhecimento e contratações estratégicas.   

Conclusão: Estratégias

“4. Na guerra, tanto a vantagem quanto o perigo são inerentes às manobras.”

Há uma expectativa bastante grande com relação a qualquer iniciativa de Data Analytics dentro das organizações e isto acontece independentemente do nível de maturidade de dados em que elas se encontram. O fato é que, para chegar a modelos preditivos realmente assertivos, o caminho é tortuoso e multidisciplinar. Por tanto, projetos com poucos recursos (horas de analistas, computadores parrudos, ferramentas de análise e capacitação) tendem a ter resultados coerentes com o investimento.  

Então é isso pessoal, espero que a analogia ajudou no entendimento e que gere valor no seu negócio. Um forte abraço de toda a equipe da Aquarela Advanced Analytics.

Gostou da leitura? Tem muito mais da onde veio este post, inscreva-se em nossa Newsletter e não perca nossos conteúdos!

Fiquem ligados em nossas redes sociais:

Facebook, Twitter, Linkedin

*SUN TZU. A Arte Da Guerra – por uma estratégia perfeita. São Paulo: Madras Editora, 2003.

Quem é a Aquarela Analytics?

A Aquarela Analytics é pioneira e referência nacional na aplicação de Inteligência Artificial na indústria e em grandes empresas. Por meio da plataforma Vortx e da metodolgia DCIM (Download e-book gratuito), atende clientes importantes, como: Embraer (aeroespacial), Scania e Grupo Randon (automotivo), SolarBR Coca-Cola (alimentício), Hospital das Clínicas (saúde), NTS-Brasil (óleo e gás), Votorantim (energia), dentre outros. Fique atento às novas publicações diárias da Aquarela Analytics no Linkedin e assinando a nossa Newsletter mensal! 

Autores

Linked Data na prática – Palestra TDC

Linked Data na prática – Palestra TDC

Linked Data

Neste artigo preparamos um vídeo sobre o tema Linked Data na forma de palestra, a qual foi apresentada no TDC (The Developers Conference) Florianópolis.

Os principais tópicos da palestra são:

  • O que é Linked Data?
  • A relação do Linked Data com a Web Semântica e o futuro da internet.
  • Exemplos de aplicações de Linked no Brasil, Estados Unidos e Inglaterra.
  • Demonstração de consultas SPARQL.
  • Sugestões de aplicação de Linked-Data na prática comercial.

O público-alvo destas informações é composto por desenvolvedores de software, desenvolvedores de negócio e gestores de tecnologia e inovação. Além disso, há legendas em inglês para a audiência internacional.

Vídeo da apresentação

Outro tema bastante relevante no âmbito das tecnologias ligadas ao linked data é o conceito de web 3.0, neste artigo você mais informações e algumas demonstrações.

Quem é a Aquarela Analytics?

A Aquarela Analytics é pioneira e referência nacional na aplicação de Inteligência Artificial na indústria e em grandes empresas. Por meio da plataforma Vortx e da metodolgia DCIM (Download e-book gratuito), atende clientes importantes, como: Embraer (aeroespacial), Scania e Grupo Randon (automotivo), SolarBR Coca-Cola (alimentício), Hospital das Clínicas (saúde), NTS-Brasil (óleo e gás), Votorantim (energia), dentre outros. Fique atento às novas publicações diárias da Aquarela Analytics no Linkedin e assinando a nossa Newsletter mensal! 

Palestrante

Dos dados à inovação com Analytics

Dos dados à inovação com Analytics

Neste artigo apresentamos uma breve visão sobre quatro conceitos fundamentais para a leitura dos próximos conteúdos deste blog. Trataremos aqui da noção de dados, informação, conhecimento e sabedoria, conceitos que estão associados a diferentes potenciais de inovação (capacidade de transformação da realidade). Ilustramos tal relação no gráfico a seguir:

Complexidade x Valor

Entendemos que o potencial de inovação é sustentado por duas forças, a complexidade e o valor, respectivamente dispostas no gráfico acima em suas coordenadas vertical e horizontal. Logo, quanto mais acima e à direita, maior o potencial de impacto inovador.

Além do plano formado pela complexidade e valor, representando as capacidades de transformação da realidade (potenciais de inovação), o gráfico também aponta os elementos relacionados com o universo humano e computacional dentro deste plano.

A seguir são apresentados os significados das cores dos elementos do gráfico.

  • Vermelho Ser humano com seus sentidos, práticas e vivências.
  • Laranja – Elementos potencializadores da inovação.
  • Verde – Fases de desenvolvimento do potencial de inovação até a tomada de decisão.
  • Azul claro – Ferramentas digitais e computadores que servem de apoio ao trabalho humano, entendidos aqui como próteses cognitivas, as quais nos ajudam a executar tarefas criativas em crescente complexidade.

O que são dados, informação, conhecimento e Sabedoria?

Para definirmos cada um dos elementos potencializadores da inovação (dado, informação, conhecimento e sabedoria), utilizaremos como metáfora o caso da leitura de um termômetro:

A metáfora do termômetro - O que são dados, informação, conhecimento e Sabedoria?
A metáfora do termômetro – O que são dados, informação, conhecimento e Sabedoria?

Olhando a figura, o que podemos inferir dela? O que é dado, informação e conhecimento? E quais possíveis conclusões podemos tirar a partir da leitura de um termômetro (intuição e sabedoria)?

No caso da leitura de um termômetro, temos a seguinte descrição quanto aos elementos potencializadores da inovação:

  • Dados – são os sinais não interpretados, o menor grão e a matéria prima da escala do conhecimento e base para qualquer atividade com potencial de inovação. Eles surgem a partir daquilo que vivenciamos (eventos da vida) e capturamos por meio dos nossos sentidos e pelos dispositivos eletrônicos. No exemplo, o número 36,2 é apenas um número. Dados poderiam também ser caracteres como “@”, “T”, “——-” e assim por diante.
  • Informação – é a listagem dos dados de maneira organizada dentro de uma escala, mostrando uma série de eventos (dados) agrupados. No termômetro a letra ”C” (Celsius) representa a escala, a qual poderia ser também representada por graus Fahrenheit, porém seriam valores diferentes. Nós, humanos, memorizamos de alguma forma os dados obtidos pelos sentidos (organizamos e classificamos em escala), ao passo que os sistemas computacionais, a memorização se dá por meio de dados em listas, planilhas, documentos e  banco de dados, entre outros.
  • Conhecimento – é um tipo de informação contextualizada capaz de mudar algo ou alguém, sendo justificável de alguma maneira. Saber que a temperatura de 38 graus (dado) na escala Celsius (informação) indica que a pessoa está com febre (a temperatura média de uma pessoal saudável é de 36,4 graus) e assim, alguma ação deve ser tomada. Nós seres humanos podemos refletir sobre um problema e tomar uma decisão, já os sistemas computacionais, utilizam algoritmos para isso, ambos com base em dados e em informações. Um algoritmo, por exemplo, pode descobrir padrões de consumo de produtos em um supermercado ou ser usado para melhorar o trânsito de uma cidade.
  • Sabedoria – no topo da escala, a sabedoria se torna subjetiva e aparentemente irracional (ilógica) por ser um conjunto complexo de raciocínios que navegam rapidamente pelas três fases anteriores. Qual tratamento deve ser aplicado ao paciente com febre? Pessoas com grande vivência podem dar conselhos sábios. Nos sistemas computacionais utilizamos instrumentos capazes de conectar dados de diversas áreas para trazer respostas cada vez mais inteligentes (Web 3.0, também conhecida como Web Semântica).

Conclusões

Apresentamos uma visão resumida da Aquarela sobre dados, informação, conhecimento e sabedoria. Muito embora não haja um entendimento definitivo sobre o tema, sua apresentação e definição tornam-se necessárias. Em particular, os conhecimentos apresentados aqui são instrumentais para explicar como o caminho da Web 3.0 (a Web Semântica) e a Indústria 4.0 estão sendo pavimentadas pelo Data Analytics e pelos Linked e Open Data.

Quer ficar atualizado sobre Data Analytics, Indústria 4.0 e Inteligência Artificial? Assine nossa newsletter aqui.

Referências

  • SANTOS, Marcos. Um modelo para a gestão colegiada orientada ao significado por meio da realização de PCDAs. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Gestão do Conhecimento). Programa de Engenharia e Gestão do Conhecimento, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, 2003.
  • GETTIER, E. L. Is justified true belief knowledge? Analysis, [S.l.], v. 23, n. 6, p. 121–123, 1963.
  • DRUCKER, P. F. The new realities. New Brunswick, NJ: Transaction Publishers, 2003.

Veja outros estudos

Quem é a Aquarela Analytics?

A Aquarela Analytics é pioneira e referência nacional na aplicação de Inteligência Artificial na indústria e em grandes empresas. Por meio da plataforma Vortx e da metodolgia DCIM (Download e-book gratuito), atende clientes importantes, como: Embraer (aeroespacial), Scania e Grupo Randon (automotivo), SolarBR Coca-Cola (alimentício), Hospital das Clínicas (saúde), NTS-Brasil (óleo e gás), Votorantim (energia), dentre outros. Fique atento às novas publicações diárias da Aquarela Analytics no Linkedin e assinando a nossa Newsletter mensal! 

Autores

Bem-vindos ao Blog da Aquarela

Bem-vindos ao Blog da Aquarela

Welcome to Aquarela’s Blog

O blog

Olá, pessoal

Como primeiro post em nosso Blog, gostaria de agradecer a todos, em nome da Aquarela Inovação Tecnológica do Brasil, pela visita a este espaço e também por estarem acompanhando nossa caminhada empreendedora e pioneira no Brasil.

Nosso objetivo como empresários, cientistas da informação e cidadãos, é trazer conteúdo de fácil entendimento, esclarecendo uma série de dúvidas com relação ao que oferecemos em nossos produtos e serviços. Acreditamos também, que nossas experiências podem contribuir significativamente com a comunidade no Brasil e no exterior, razão pela qual o material será igualmente disponibilizado em inglês.

Os principais temas abordados:

Governança

Soluções de negócio, gestão da informação, governança corporativa, metodologias de trabalho criativo. Também serão abordados outros subtemas de valor para quem busca melhorar o seu negócio ou aprimorar seu conhecimento em gestão inovadora.

Tecnologia

Materializando as teorias abordadas em governança e na indústria apresentamos um conjunto de tecnologias e técnicas que vão desde a infraestrutura da informação até linguagens de programação funcional, passando por aprendizado de máquina e visualização de dados. Neste universo, apresentaremos soluções que encontramos para determinados problemas, tutoriais sobre tecnologias da Web 3.0, inteligência artificial e outras inovações.

Finalizando, o conhecimento criado e desenvolvido aqui neste espaço será sempre classificado por tags e categorias, fiquem à vontade para desfrutar do conteúdo, interagir pelos comentários e  outros canais.

Obrigado por sua companhia nessa jornada rumo à uma nova internet!

Saudações.

Quem é a Aquarela Analytics?

A Aquarela Analytics é pioneira e referência nacional na aplicação de Inteligência Artificial na indústria e em grandes empresas. Por meio da plataforma Vortx e da metodolgia DCIM (Download e-book gratuito), atende clientes importantes, como: Embraer (aeroespacial), Scania e Grupo Randon (automotivo), SolarBR Coca-Cola (alimentício), Hospital das Clínicas (saúde), NTS-Brasil (óleo e gás), Votorantim (energia), dentre outros. Fique atento às novas publicações diárias da Aquarela Analytics no Linkedin e assinando a nossa Newsletter mensal! 

Autores