No processo produtivo de uma empresa, qualquer falha pode comprometer a sua capacidade de atendimento às demandas do mercado. Por isso, a empresa precisa ter controle sobre os fatores capazes de afetar a sua produção, como a manutenção de seus equipamentos e máquinas. Nesse contexto, a manutenção preditiva torna-se imprescindível para manter o maquinário em perfeito funcionamento e assim garantir a eficiência do processo de produção. 

O que é manutenção preditiva

A manutenção preditiva é uma modalidade de manutenção que indica as reais condições de máquinas e equipamentos com o objetivo de antecipar possíveis falhas, indicando o tempo de vida útil deles e as condições necessárias para estender o seu tempo de funcionamento.

Esta metodologia de manutenção pode ser aplicada em qualquer tipo de indústria. Ela possibilita prever quando será necessário consertar, trocar equipamentos ou ainda comprar outros melhores.

A manutenção preditiva acontece a partir da coleta de dados dos equipamentos em funcionamento, utilizando técnicas que envolvem a prevenção de danos e a previsibilidade de falhas. Assim, ela detecta qualquer possível falha nas máquinas antes que elas aconteçam, impedindo a propagação de danos e garantindo a eficiência no processo de produção.

Benefícios

Conforme a consultoria McKinsey & Company, a manutenção preditiva pode aumentar a vida útil de uma máquina de 20% a 40% e reduzir os custos de manutenção em até 25%. Além disso, outros benefícios são:

  • Aumento da produtividade 
  • Diminuição de paradas não programadas
  • Aumento dos lucros
  • Redução de risco de acidentes de trabalho.
  • Economia no consumo de energia
  • Redução nos custos de manutenção 

Como funciona a manutenção preditiva

Como citado anteriormente, a manutenção preditiva tem como base a coleta e análise de dados das máquinas e equipamentos. O maquinário é analisado em sua totalidade, suas condições, os sinais que emite e o seu desempenho.

Para obter essas informações, utilizam-se algumas ferramentas de monitoramento, como os sensores, que captam e enviam as variações para softwares de análise.

É importante destacar que se alguma irregularidade for identificada no equipamento, é feito um diagnóstico a fim de estudar a origem do problema e assim encontrar a melhor solução para ele. 

Estes são alguns exemplos de aparelhos que realizam o diagnóstico de máquinas e equipamentos: termografia, ferrografia, ultrassonografia, análise de vibrações e de pressões. 

Manutenção preditiva na era da Transformação Digital

Na era da transformação digital, o uso de dados vem se tornando cada vez mais presente na Indústria, não somente servindo como base para a tomada de decisão dos gestores, mas auxiliando no aumento da eficiência operacional e na otimização de processos. 

A manutenção preditiva se destaca por ser uma das pioneiras em utilizar dados para otimizar processos. Ela vem se aprimorando graças ao avanço da tecnologia, tornando-se cada vez mais mais assertiva, econômica e eficiente na manutenção das máquinas e equipamentos.

Há diversas tecnologias capazes de auxiliar o processo de manutenção do maquinário, como IoT, Machine Learning, Inteligência Artificial e Big Data. A principal delas é a tecnologia IoT (Internet das coisas), que permite a identificação de padrões e o acompanhamento do desempenho dos equipamentos em tempo real por meio de sensores e de análise de dados,  ajudando na previsão de falhas com alto grau de precisão. Essas tecnologias também são essenciais na manutenção prescritiva, mas isso abordaremos em outro artigo.

Leia também: A importância da manutenção planejada com Analytics.

Considerações finais

Como vimos, a manutenção preditiva é uma opção viável e segura de manutenção. Ela consiste em antecipar falhas nos equipamentos e máquinas, indicando o tempo de vida útil deles e as condições necessárias para estender o seu tempo de funcionamento. Assim, evita danos de produção em cadeia, reduz as paradas não programadas, garantindo a eficiência no processo de produção.

Esperamos que você tenha gostado do artigo.  

Quer saber mais sobre a utilização de Inteligência Artificial e Advanced Analytics na Indústria? Então, assine a nossa Newsletter. 

Quem é a Aquarela Analytics?

A Aquarela Analytics é pioneira e referência nacional na aplicação de Inteligência Artificial na indústria e em grandes empresas. Por meio da plataforma Vortx e da metodolgia DCIM (Download e-book gratuito), atende clientes importantes, como: Embraer (aeroespacial), Scania e Grupo Randon (automotivo), SolarBR Coca-Cola (alimentício), Hospital das Clínicas (saúde), NTS-Brasil (óleo e gás), Votorantim (energia), dentre outros. Fique atento às novas publicações diárias da Aquarela Analytics no Linkedin e assinando a nossa Newsletter mensal! 

Autoras

Share via
Send this to a friend